sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Sem destino...

É assim que me odeio sentir, como que á deriva no meio do mar como se não tivesse um porto de abrigo onde ficar, sem um rumo certo, sem uma conquista para me fazer crer que tudo isto faz sentido...Tanto estou feliz como triste, há certas pessoas que aparecem na nossa vida como que do nada e dão um novo rumo ao nosso mapa, mas que destino é aquele?? onde fica esse porto?? será possível alcança-lo?? Valerá a pena tentar? ou será preferível nem tentar e evitar uma nova desilusão? uma nova conquista fracassada? Quero arriscar, lutar contra ventos e marés, enfrentar bichos medonhos e se for preciso sofrer, para ter o sabor da vitória em mim!

3 comentários:

Márcio disse...

A busca da felicidade é um caminho que é feito no dia a dia, em encontros e desencontros.
A sorte no amor depende do desafio que damos à vida, porque o verdadeiro amor, por vezes, só aparece depois de aventuras falhadas.
Nunca percas o sentido da vida: a busca pelo amor!

M.sunshine disse...

sinto exactamente o mesmo que tu. o que eu faço é viver por mim mesma. e ver o lado optimismo da tristeza. (as palavras saiem-me melhor quando estou triste --.)
este espaçinho trouxe-me um sorriso enorme :D

ADOREI!

Daniela disse...

Somos duas! Mas nesta idade andamos sempre assim, à deriva. Como quem diz, a tentar embarcar numa viagem com rumo :)